Suscripción Newsletter

Recibe noticias y avisos de promociones especiales

Orin - A língua dos anjos (Ed. Jpn)

Orquestra Afrosinfônica
Discos: Jazz / Afrobrasileña

Disponible

34,17 € impuestos inc.

Ficha técnica Discos

Sello Think! Records
Estilo Jazz / Afrobrasileña
Año de Edición Original 2020
Instrumental

Más

Orquestra Afrosinfônica: Ubiratan Marques (piano, arreglos, dirección), Nilton Azevedo y Júlio Sant'Anna (flauta), Indira Dourado y Renata Pitanga (clarinete) Léo Couto (saxo alto), Tukano (saxo tenor), Vinicius Freitas (saxo barítono, saxo soprano), Everaldo Pequeno y Carlos Cardoso (trompeta, flugelhorn), Gilmar Chaves y Toni Jaonitã (trombón), Carlos Eduardo (tuba), Angelo Santiago o Marcos Sampaio (contrabajo), Lucas de Gal, Marcelo Tribal, Nem Cardoso y Jason Wild (percusión), Tâmara Pessôa, Djara Mahim, Dinha Dórea y Raquel Monteiro (voz).

Músicos invitados: Aquim Sacramento (tímpanos, marimba, vibráfono, xilofónplatos), Juraci Tavares (coros).

Participación especial de: Mateus Aleluia (voz), Gerônimo Santana (voz), Lazzo Matumbi (voz), Dodó Miranda (voz), André Magalhães (voz) y BaianaSystem (Russo Passapusso (voz), Roberto Barreto (bandolim) y Seko Bass (baixolão)).

Edición en CD (Japón), de 2021, del disco lanzado originalmente en LP en Brasil en 2020 por el sello Máquina de Louco.

"Seis anos após a edição do primeiro álbum, Branco, apresentado em novembro de 2014, a Orquestra Afrosinfônica lança o segundo álbum. Orin – A língua dos anjos chega ao mercado fonográfico em 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, com capa assinada pelo artista plástico paulistano Vik Muniz.
A arte da capa foi criada por Vik com técnica de intervenção sobre registro fotográfico de ensaio realizado pela orquestra na Casa da Ponte Maestro Ubiratan Marques, ONG situada no Largo do Pelourinho, no Centro Histórico de Salvador (BA), cidade onde a big-band foi fundada em 2009.
Criação do músico e arranjador soteropolitano Ubiratan Marques, a Orquestra Afrosinfônica harmoniza os sons da ancestralidade afro-brasileira com a linguagem orquestral da música de concerto, derrubando as já tênues fronteiras entre a música popular e a música dita erudita.
Para Vik Muniz, a arte da capa do álbum Orin reflete a experiência de Ubiratan Marques na condução e criação da Orquestra Afrosinfônica. “Toda música orquestral tem essa qualidade de mosaico, de relação entre uma complexidade de fragmentos e a harmonia de um todo. No caso da Orquestra Afrosinfônica e particularmente no caso do álbum Orin, este aspecto de mosaico transcende as fronteiras formais da música e se desenrola nas experiências pessoais, nas vozes, nos estilos, nos tempos, nas línguas e nas culturas. Ubiratan Marques evoca a ambição poética de harmonizar a rica cacofonia das experiências em uma linguagem divina”, conceitua Muniz.
O álbum Orin – A língua dos anjos estreita as relações da orquestra com a banda conterrânea BaianaSystem. O disco ganha edição através do selo Máquina de Louco, da BaianaSystem, cujo terceiro álbum, O futuro não demora (2019), tem o toque da Orquestra Afrosinfônica na música Água (Antonio Carlos, Jocafi, Ubiratan Marques e Russo Passapusso), arranjada por Ubiratan Marques." Mauro Ferreira (g1.globo.com, 10.11.2020)

Temas

CD 1
01
Orín
Ubiratan Marques
02
Orixá
Ubiratan Marques
03
Mameto kalunga
Gerônimo antana - Silvio Ricarti - Ricardo Amado
Orquestra Afrosinfônica, Gerônimo Santana Lazzo Matumbi
04
Onde estão as borboletas
Mateus Aleluia - Ubiratan Marques
Orquestra Afrosinfônica & Mateus Aleluia
05
Nabeleli yo
Dodó Miranda
Orquestra Afrosinfônica & Dodó Miranda
06
Maracatu do congo
Mateus Aleluia - Ubiratan Marques
07
Meu caminhar
Mateus Aleluia - Ubiratan Marques
Orquestra Afrosinfônica & Mateus Aleluia
08
Água
Antônio Carlos Marques Pinto - Jocafi ( José Carlos Figueiredo) - Ubiratan Marques - Roberto Barreto - Russo Passapusso
Orquestra Afrosinfônica & BaianaSystem
09
Eu multidão
Mateus Aleluia - Ubiratan Marques
Orquestra Afrosinfônica & André Magalhães
10
Reza
Ubiratan Marques
11
Espiritual
Ubiratan Marques - Mateus Aleluia